Retrospectiva Naluta 2016

O ano de 2016 foi muito agitado nas artes-marciais: MMA, Jiu-jitsu,Judô,  Boxe, Taekwondo, com vários Brasileiros brilhando Mundo a fora. Separamos alguns momentos importantes neste post:

 

Anderson Silva x Michael Bisping

Michael Bisping x Anderson Silva
Michael Bisping x Anderson Silva

 

 

Em fevereiro, no UFC Londres, Bisping manteve o jejum de vitórias de Spider, em uma luta que o credenciou a disputa do título que futuramente iria conquistar. A luta ficou marcada por uma joelhada polêmica de Spider que conseguiu um “semi-nocaute” de Bisping. O lutador resistiu até o fim e conquistou a vitória sobre Spider.

 

 

 

 

 

 

Holly Holm x Miesha Tate

miesha

 

 

Em março, no UFC 196,  Miesha Tate finalmente conquistou o cinturão do UFC, ao aplicar um belo Mata-Leão em Holly Holm. A alegria durou alguns meses, pois em sua primeira defesa de título, ela perdeu o cinturão para a brasileira Amanda Nunes no UFC 200 em julho, que agora enfrenta Ronda Rousey em seu aguardado retorno ao octógono.

 

 

 

 

 

Nate Diaz x Conor Mcgregor

Nate Diaz x Conor Mcgregor
Nate Diaz x Conor Mcgregor

 

 

Também no UFC 196, Nate Diaz conseguiu a finalização que o Brasil gostaria de ver, ao finalizar Conor Mcgregor com um Mata-leão. Diaz surpreendeu o mundo, pois foi colocado no card de última hora. Na revanche que aconteceu no UFC 202, Conor o venceu por decisão unânime. Uma terceira e definitiva luta é aguardada pela torcida.

 

 

 

 

Belfort x Jacaré

Jacaré x Victor Belfort
Jacaré x Victor Belfort

 

 

Infelizmente, Ronaldo Jacaré ainda não foi selecionado para a disputa do cinturão dos médios, o que é uma injustiça diga-se de passagem, porém em maio deste ano, conseguiu uma importante vitória sobre Victor Belfort, ao nocautea-lo no UFC 198.

 

 

 

 

 

Fabrício Werdum x Stipe Miocici

Fabrício Werdum x Stipe Miocici
Fabrício Werdum x Stipe Miocici

 

 

Em maio, Werdum foi derrotadoo por Stipe Miocici no UFC 198, e perdeu o cinturão dos pesos-pesados. Após cancelamento de sua luta contra Velasques em Dezembro, Fabrício torce por uma revanche contra o atual campeão.

 

 

 

 

 

Daniel Cormier x Anderson Silva

Daniel Cormier x Anderson Silva
Daniel Cormier x Anderson Silva

 

 

Em julho, Anderson Silva aceitou o desfio de substituir Jon Jones contra Cormier no UFC 200. A luta não valia o cinturão, aconteceu em um peso combinado. Cormier dominou Spider, que lutou muito, mas perdeu por decisão unânime.

 

 

 

 

 

Mackenzie Dern estréia no MMA

Mackenzie Dern
Mackenzie Dern

 

Uma estréia aguardada pelos brasileiros foi a da americana Mackenzie Dern, filha do lutador Wellington Megaton Dias, ela possui grande vínculo e torcida em nosso país. Depois de ganhar tudo no Jiu-jitsu,  Dern venceu as duas lutas que fez pelo Legacy: Em julho pelo Legacy 58 e em agoto pelo Legacy 61. A expectativa é grande para ver a guerreira em ação em 2017.

 

 

 

 

 

 

Olimpíadas Rio 2016

 

Não poderíamos deixar de falar de nossos guerreiros olímpicos:

Rafalea Silva
Rafalea Silva

Rafaela Silva, em uma história de luta e superação, conquistou o ouro no judô.

Mayra Aguiar
Mayra Aguiar

Mayra Aguiar, que já havia faturado a medalha de bronze em Londres,  conquistou novamente a medalha de bronze em sua terra.

Robson Conceição
Robson Conceição

Robson Conceição faturou a primeira medalha de ouro olímpica para o Boxe Brasileiro.

Maicon Andrade
Maicon Andrade

Maicon Andrade, mineiro de Ribeirão das Neves, surpreendeu o Brasil com o bronze no Taekwondo, e emocionou o público com sua história.

O ano de 2016 foi movimentado para as artes-marciais. Apesar de algumas derrotas, o Brasil continua no topo e a expectativa para 2017 grande. Cabe a cada praticante valorizar o seu esporte, e ao poder público e iniciativa privada a valorização de nossos atletas.

OSS!

 

 

1 Comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*